palavra de boo
quinta-feira, janeiro 17, 2008
 

"Perguntei a um sábio,
a diferença que havia
entre amor e amizade,
ele disse-me esta verdade...
O Amor é mais sensível,
a Amizade mais segura.
O Amor dá-nos asas,
a Amizade o chão.
No Amor há mais carinho,
na Amizade compreensão.
O Amor é plantado
e com carinho cultivado,
a Amizade vem enfeitada,
e com troca de alegria e tristeza,
torna-se uma grande e querida
companheira.
Mas quando o Amor é sincero
ele vem com um grande amigo,
e quando a Amizade é concreta,
ela é cheia de amor e carinho.
Quando se tem um amigo
ou uma grande paixão,
ambos sentimentos coexistem
dentro do teu coração."

by William Shakespear
 
sábado, setembro 22, 2007
 
 
sexta-feira, setembro 14, 2007
 

PALAVRAS SOLTAS

Estrela, és minha luz
E meu brilhar…
És tu quem me seduz,
E só tu me fazes cantar…

Quando estou perdido
E me ponho a chorar,
Tu vens em meu auxilio,
Só tu me podes consular…

Fraquejo quando digo
Que te quero dar
Lindas rosas em flor
Nunca consigo
Apenas declamar
Todo o meu amor

………………………………………………………………………….


O mundo dá voltas,
Dá voltas à nossa cabeça
Faz-nos perder na avenida da tristeza…
Da avenida da tristeza, ao largo da paixão
Passando pela praça da amargura
E subindo as escadarias ate ao coração.
É o ciclo que dura e dura….

............................................................................................
Sempre que te vejo
CADA VEZ MAIS SINTO
Sempre que trocamos de olhar
CADA VEZ MAIS SINTO 1 DESEJO
Sempre que nos tocamos
CADA VEZ MAIS SINTO 1 DESEJO DE TE AMAR…

……………………………………………………………………….

Ao lindo luar
Da lua que vai alta
Sai um tuno a cantar
O que vai na alma

………………………………………………………………………….

Pelas aguas deste caminho,
Jorram lágrimas de um sentido.
Protegido nas arvores do teu rossio,
Sinto o teu poder, grande é teu brio…
Poderosa é tua história,
Nunca perderás a tua glória..
Cantamos um rio de perdições
Oh Viseu ficarás para sempre
Em nossos corações…

…………………………………………………………………………….

Hoje só hoje,
Consegui perceber que,
adoro o teu sorriso,
admiro a tua vontade,
regozijo com a tua alegria
que te amo pela segunda vez…

hoje só hoje,
consegui perceber que,
pela segunda vez não vou ter o teu amor,
não te poderei abraçar eternamente,
em ti não me deliciarei,
não te vou beijar….

Hoje….. só….. hoje…..
Este hoje é uma merda…

……………………………………………………………………………..

são vermelhas as rosas que te ofereço,
vestidas de encarnado sentido..
ao ser tormenta teu mar alto, onde me perco
por ti morrerei, cheio de paixão vivido….

………………………………………………………………………………

ao seres má para mim,
e ao gostares de banana,
por seres assim,
és uma leviana…

se teu amor é carnal,
meu é paixão.
Se nosso amor nunca for igual,
Nunca terás meu coração.
A lua me dirá um dia
O que por mim sentes,
Nesse dia com pena te direi,
Que toda a minha vida amei
Teus olhos resplandecentes!!

 
segunda-feira, junho 11, 2007
 
Falemos, então, do amor.
"Que é como quem diz, falemos da poesia.
Houve um tempo em que pensei que amar era coisa simples.
Ainda não sabia que o amor é um lugar muito longe onde não se
chega quando se quer, apenas quando se pode e se sabe, e muitas
vezes só o sabemos quando já nos parece demasiado tarde.
Obscuros mistérios, estes do amor, dirão vocês.
E têm razão.
Mas sempre lhes digo que estive lá.
Com inquietação e algumas mágoas, naturalmente.
É inevitável falar de mágoas quando se fala do amor.
Inevitável.
Apesar disso amamos, e continuamos a amar, uma e outra vez,
sempre na esperança de que desta vez chegamos lá.
E há um dia em que já podemos e sabemos, e nunca é demasiado
tarde."
Este excerto é lindo e tenho orgulho em dizer que é um texto escrito por um conterraneo meu, A Viriato Teles um bem haja...
 
segunda-feira, fevereiro 26, 2007
 
Já alguma vez sentiram o“bichinho” a roer o vosso coração??...


Hoje ao fazer as malas senti que não queria ir para Viseu, uma sensação estranha percorreu todo o meu corpo e parou perto do coração, algo queria que eu ficasse pela minha terra natal. Depois de algumas horas de estudos intensivos descobri a causa deste estado.

Relatório de Investigação:

Para tentar descobrir a causa pus-me a pensar o que tinha feito este fim-de-semana, reparei que me encontrei com mais pessoas do sexo feminino do que com o sexo masculino. A partir daqui fui à procura de condições físicas e psicologias que as mulheres podem provocar num homem, encontrei algumas muito interessantes, das quais destacaria:

Físicas: aumento da pressão arterial (pode provocar AVC);
aumento da produção de hormonas;
visão em tunel...

Psicológicas: estupidez;
excitação;
perda de concentração...

Quando estava preparado para acabar com estudo e declarar doença desconhecida, reparei que havia uma coisa em comum entre a grande parte das condições, que era o coração (psicologicamente conectado à paixão e ou amor). Foi então que encontrei algo que era transmitido pelas mulheres através de uma troca de olhar profundo e verdadeiro, o “bichinho”uma coisa que afecta e altera os homens. Depois de ter encontrado a razão do meu estado, tentei pensar quantas trocas de olhar tinha feito por estes dias para quem é me tinha transmitido o“bichinho”.
Cheguei ao fim do meu estudo tendo a certeza que realmente existiram trocas de olhar, mas conclui que não me é possível determinar qual a pessoa que me o passou...
 
segunda-feira, outubro 16, 2006
 
"Para o meu AMOR"

Há voos de pássaros nos teus olhos castanhos de sereia
Batuques africanos no balouçar do teu corpo de gazela
Há frutos maduros na tumidez dos teus pequenos seios
E promessas loucas na humidade dos teus lábios entreabertos

Há como um tango argentino no desafio da tua cintura estreita
Há um doce encanto no urdir das tuas trancinhas de menina
Há estranhos sortilégios escondidos em tuas mãos de fada
E há rouxinóis magoados de cada vez que cantas

Há ondas de ternura neste teu jeito suave
E danças peruanas nas tuas ancas pela alba
Há calor dos trópicos no aperto dos teus braços tão sinceros
E uma paz das ilhas no teu macio leito de princesa

Há druidas, de novo, preparando filtros à sombra de carvalhos
E lagos privados onde nadam altivos cisnes brancos
E há luas de fajãs que riscam no mar trilhos de prata
E nascentes de água que brotam do teu riso cristalino.


Aníbal Raposo
Sem palavras.. este poema e lindo!!! Agora fico a espera de o poder declarar a alguem muito especial...
AVISO
Candidatas... pocura-se rapariga ds 17 aos xxx para poder declarar este poema..
contacto: +351-96715203x :p
 
segunda-feira, setembro 18, 2006
 
Mas que RAIO....

Cusco como sou por natureza decidi "pesquisar" a caloirada de 2006/2007;
Acabei de ver a lista de colocados no meu curso e sinto-m triste :(...... Deparei-me com uma lista, que mais parece a lista Scolari pa selecção INDUSTRIAL. 1ª fase do concurso nacional, imaginem quantos caloiros irão frequentar aquele majestoso curso! 12 minha boa gente... 12, uma vergonha, para alem do mais nesses 12 nenhuma caloira se encontra presente.
Continuando nessa pesquisa dei de caras com um colega meu que estudava na Graciosa cidade de Viseu, mas devido a essa cidade não o merecer, teve de se mudar para aveiro...(peço a todos os superiores da PRAXE da Academia de aveiro que tratem da saude a esse paraquedista), Pelo menos 2 almas perdidas vieram para a Viseu.. estao F*D*D*S hahahaha!!! digamos que depois disso tentei-me suicidar bebendo fairy anti-bacteriano, isto não resultando devido ao facto de se constar "acido sulfurico" presente no meu estomago, tendo este sido ingerido num lugar incerto pós lados de Viseu..!!

p.s: sem mais assunto uma muito boa vida aos caloiross
 
Este Blog é um cantinho onde eu vou dizer tudo que gostar e que não gostar....

Nome:
Localização: ilhavo, Portugal
ARCHIVES
Setembro 2006 / Outubro 2006 / Fevereiro 2007 / Junho 2007 / Setembro 2007 / Janeiro 2008 /


Powered by Blogger